Fonte: OpenWeather

    Desejo


    Sexo de reconciliação é mais prazeroso? Especialistas explicam teorias

    Sexo depois de uma forte zanga entre o casal é normalmente mais intenso e excitante. Existem razões científicas para isso!

    Especialista explica o que está por trás de “resolver na cama” | Foto: Reprodução

    Manaus – Brigas, desentendimentos e términos são comuns em relacionamentos. Muitas vezes após os conflitos os casais acabam se reconciliando e decidindo seguir juntos. Este momento é marcado por uma das relações mais prazerosas e selvagens da relação, o sexo após a reconciliação. É por meio dele que os amantes podem se conectar e aproveitar a paz da relação para protagonizarem uma das melhores relações sexuais.

    O processo ocorre de maneira natural: os amantes brigam, se desentendem e algumas vezes até terminam, no entanto quando decidem restabelecer a relação e acertar os pontos fracos da relação acabam selando o recomeço com o sexo de reconciliação que será lembrado para sempre como um dos melhores.

    Para a acadêmica de design de interiores, que não quis relevar sua identidade, o sexo após a reconciliação é fundamental para que o casal entenda o porquê estão juntos e o que perderia se terminassem de verdade.

    “O sexo de reconciliação é sem dúvida o melhor, não se o que acontece, mas tudo na relação fica diferente, o toque, o beijo e até mesmo o ato em si. Talvez seja a saudade, acredito que esse momento é fundamental para que o casal perceba o quanto se dão bem na cama”, afirmou.

    A acadêmica revelou ainda que usa o processo como mecanismo de apimentar a relação com o parceiro. “Às vezes em momentos de tensão, puxo algumas brigas com meu namorado, pois sei que vamos nos resolver e o sexo será sensacional. Não é fácil manter relações sexuais tão prazerosas quanto da reconciliação, então é sempre bom dá um empurrãozinho”, brincou.

    Aumento do prazer

    O prazer da reconciliação surge devido a falta de obrigatoriedade do sexo
    O prazer da reconciliação surge devido a falta de obrigatoriedade do sexo | Foto: Reprodução

    O prazer nas relações sexuais de reconciliação é diferenciado, é por meio dele que os casais conseguem atingir o orgasmo com facilidade. Segundo a terapeuta sexual Erika Matos, a sensação característica desse sexo está ligado ao desejo que aflorou no casal durante o momento de divergência.

    “O momento de distanciamento e proibição durante o período de conflito faz com que o desejo pelo sexo aumente. Quando o casal chega no momento de ter a relação sexual ela é diferenciada devido o desejo. Para alguns casais o momento do sexo é realmente o ponto final no motivo do conflito”, explicou.

    Segundo a terapeuta, a reconciliação permite que o casal possa se conectar e transformar o que veio a ser um conflito em aprendizado.

    “O sexo de reconciliação é saudável pois é por meio dele que os casais vão se tornar mais firmes, entender o limite um do outro e conseguir seguir em frente de maneira mais leve e com um momento de amor”, destacou.

    Atração

    O momento na cama pode ser a oportunidade de descobrir os gostos do parceiro
    O momento na cama pode ser a oportunidade de descobrir os gostos do parceiro | Foto: Reprodução

    A reconciliação também é marcada pela conquista na hora do sexo, ambos buscam oferecer prazer ao parceiro para que os motivos das brigas sejam superados. Para a psicanalista e terapeuta sexual, Sandra Ugiette, o casal precisa manter os papeis de amantes mesmo após um longo relacionamento.

    “O amante é aquele que vai buscar oferecer o prazer para o outro, então em momentos como a reconciliação o casal deixa de lado o sexo de manutenção e o burocrático, aquele que se faz por obrigação. Então, é preciso que o casal entenda isso e pratique o sexo como amantes com frequência, mesmo sem conflitos”, orientou.  

    A especialista destacou ainda que a relação diferenciada também pode ser uma forma de o casal se descobrir no prazer. “É nesse processo que o casal pode descobrir o que o outro gosta, pois já saíram de uma obrigatoriedade. O recomendado é que ambos se namorem, pratiquem movimentos que vão além da penetração, onde possam identificar o prazer amplo no outro, seja nas partes íntimas ou no simples toque”, finalizou.

    10 vantagens do sexo de reconciliação

    Sentem-se mais ligados do que nunca.

    Afinal, ultrapassaram, juntos, mais um problema do relacionamento. Aquela sensação de “estamos juntos para tudo” que acaba por se estender relações íntimas muito mais intensas.

    Usa energia acumulada para algo bom.

    A força do sentimento quando está chateado e quando está excitado são parecidos. Ao fazer as pazes e partir para baixo dos lençóis, concentra essa energia para algo positivo.

    Ajuda a terminar uma discussão.

    Se ainda estão chateados, uma boa dose de sexo, pode ajudá-lo a extravasar de vez o pouco da raiva que ainda está no seu corpo.

    Quando um dos membros do casal sabe que errou, esforçar-se a muito mais para o recompensar

    Será uma boa oportunidade para ter uma dose extra de prazer que o faça perdoar e/ou esquecer o que a outra pessoa fez.

    Fazer amor ajuda a colocar o tópico da discussão em perspectiva.

    Será que o motivo da discussão valeu mesmo a pena? Será que não terá exagerado na sua reação? O sexo de reconciliação permite colocar todos estes pontos ajudando-nos a adoptar uma postura mais flexível e compreensiva.

    Daqui alguns meses ou anos, pode recordar-se dessa noite de duas formas:

    Como a noite em que vocês tiveram experiências sexuais incríveis e inesquecíveis ou como a noite em que discutiram mais uma vez. 

    Poderá ter um efeito curativo.

    Nem todo sexo de reconciliação surge quando a zanga já passou por completo. Mas o fato de ter relações sexuais pode ser a melhor solução para ficar com a cabeça mais leve para voltar ao assunto que vos levou a discutir. É mais difícil ficar irritado/frustrado com problemas do relacionamento quando está focado em ter e dar prazer.

    É uma ótima maneira de terminar uma discussão da qual não tinha ideia de como terminar.

    Este tópico é destinado aos casais que tem conflitos e discussões que podem prolongar-se por várias horas dias e até semanas chegando a um ponto de já nem saberem muito bem qual foi o motivo inicial que os levou a estar chateados, mas mesmo assim os dois permanecem irritados.

    Se algo estranho acontece durante o sexo, vocês podem rir sobre isso, o que ajuda a suavizar o clima.

    Rir durante o sexo ajuda a libertar toda a tensão inútil que pode estar presa nos seus corpos, após sua luta muito intensa sobre um tema que desgastou a relação, uma discussão prolongada tornar as vossas relações sexuais mais descontraída ajuda libertar algumas tensões acumuladas.

    O sexo de reconciliação pode, por vezes, tornar-se muito mais intenso que que normalmente costuma ser.

    Se é um pouco tímido, com toda a energia negativa acumulado devido a discussão, pode ajudá-lo a descarregar todos esses sentimentos negativos ao tornar-se mais extrovertido e em ter atitudes que normalmente não teria por se sentir mais reprimido.

    Pesquisa americana mostra um elevado número de casais separados que desejam a reconciliação

    Uma pesquisa realizada pela Universidade do Minesota nos Estados Unidos, verificou que nos casos onde o processo de divórcio foi iniciado, existe uma quantidade surpreendente de pessoas que têm esperança na reconciliação e que teriam interesse em receber ajuda para que isso acontecesse. Essa pesquisa procurou determinar as percentagens de interessados na reconciliação com o ex-cônjuge. Ela foi realizada com 2500 pessoas que estavam a divorciar-se e que tinham filhos.

     Leia Mais: 

    Especialistas orientam boas práticas para flertar nas redes sociais

    Especialista responde perguntas curiosas sobre sexo

    Garotas de programa: do sexo virtual às escapadas na quarentena

    Comentários