Fonte: OpenWeather

    Prefeitura de Manaus


    Valorização do estagiário é destaque na gestão do prefeito Arthur Neto

    Quando Arthur assumiu o governo municipal, a prefeitura teve um salto para quase 2,5 mil estagiários, totalizando nos últimos oito anos mais de 16,5 mil contemplados

    Prefeitura também aumentou o credenciamento de empresas recrutadoras | Foto: Valdo Leão / Semcom

    Manaus - Um dos pontos altos ao longo dos oito anos de gestão do prefeito Arthur Virgílio Neto é a valorização do estagiário municipal. Em 2012, as vagas de estágio oferecidas eram de pouco mais de 1,7 mil. Em 2013, quando Arthur assumiu o governo municipal, a prefeitura teve um salto para quase 2,5 mil, totalizando nos últimos oito anos mais de 16,5 mil estagiários contemplados.

    “Como sempre digo, o primeiro passo para os jovens que procuram ter sua primeira experiência de trabalho é o estágio. E, para isso, é importante proporcionar mais espaços para a formação profissional, como esses que a prefeitura oportuniza. Formamos milhares de bons profissionais nesses nossos dois mandatos e muitos ainda trabalham conosco, alguns cresceram nas repartições públicas e alcançaram funções importantes. Certamente, é um dos meus orgulhos na nossa gestão”, destacou o chefe do Executivo municipal.

    Além da ampliação de vagas de estágio, a prefeitura também aumentou o credenciamento de empresas recrutadoras, e fez reajuste entre carga horária e bolsa-auxílio, além de outras atividades recreativas e de qualidade de vida pelo Programa Municipal de Valorização do Estagiário, sob a coordenação da Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad).

    O secretário da Semad, Lucas Bandieira, destacou que as melhorias feitas nos últimos anos foram diretamente orientadas pelo próprio prefeito, que inovou o programa de estágio, uma atividade voltada a estudantes dos ensinos médio e superior com foco na contratação de jovens, para atuarem nos órgãos e secretarias, preparando-os para a vida profissional, garantindo-lhes paralelamente uma renda.

    “Para mim, Arthur é um verdadeiro gestor, que não só inova, mas também aproveita os bons programas que já existem. É o caso desse programa de estágio, que apesar de ter sido criado em outro governo, foi nessa gestão que houve a orientação para ser melhorado e ampliado. Foi o que nós fizemos. Inicialmente, quando o prefeito Arthur entrou na prefeitura, nós tínhamos um número reduzido de estagiários, e, hoje, no final da gestão dele, depois de oito anos, conseguimos dobrar esse número”, comentou o secretário.

    Outro ponto de destaque é a Semana Municipal de Valorização do Estagiário (SMVE), criado em 2014, que estabeleceu parcerias entre os diversos órgãos, no sentido de proporcionar aos estagiários uma semana de efetiva participação, incentivando-os a prestigiar as atividades como forma de aprimorar suas potencialidades.

    Experiências

    Umas das atividades são as premiações de “Estagiário Destaque” e “Estagiário Nota 10”
    Umas das atividades são as premiações de “Estagiário Destaque” e “Estagiário Nota 10” | Foto: Valdo Leão / Semcom

    Umas dessas atividades são as premiações de “Estagiário Destaque” e “Estagiário Nota 10”. A publicitária Quezia Carvalho, 28, atualmente servidora na Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom), relembra quando chegou à prefeitura como estagiária, em 2017. Segundo ela, foi um momento desafiador, porém lhe proporcionou um crescimento profissional de qualidade, o que a levou também a receber destaque como “Estagiária Nota 10”.

    “Foi uma honra receber o reconhecimento de ‘estagiária destaque’ da prefeitura, representando a Semcom. No início, foi muito assustador, porque era meu primeiro emprego. Nunca tinha trabalhado em nada antes e ter sido a ‘Estagiária Nota 10’ só confirmou aquilo que escolhi como profissão, que é a publicidade”, comemorou Quésia. “Foi a prefeitura que me abriu as portas para a formação profissional, e o estágio é um processo muito importante para formar, não apenas novos profissionais, mas cidadãos”, afirmou.

    O secretário da Semad, Lucas Bandiera, revelou sua experiência como estagiário há 14 anos, na época como voluntário na Procuradoria Geral do Município (PGM), junto ao Tribunal de Justiça do Amazonas (Tjam). Formado em Direito e atuante antes de entrar na prefeitura, ele conta que foi convidado pelo prefeito a ser subsecretário da Semad há cinco anos.   

    “Ao longo do tempo, fui mostrando meu trabalho, implementando as melhorias e os programas que ele nos orientou a fazer e há pouco mais de dois anos, estou como secretário da Semad. Posso dizer que é inegável que o estágio que fiz lá atrás me ajudou muito a consolidar o profissional que sou hoje. O estágio é fundamental para você unir a teoria da academia e a prática do dia a dia”, contou Bandiera. “Então, nada mais justo que fazer uma semana que valorize o estagiário, ressaltando e agradecendo todo empenho para tornar Manaus uma cidade cada vez melhor”, concluiu.

    Para o diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Bernardo Monteiro de Paula, o estágio é fundamental. Ele conta que o seu primeiro dia de estágio foi medindo as paredes do Paço da Liberdade e hoje, vê-lo concluído, sabendo que colaborou como servidor público, é sentir que o dever foi cumprido.

    “É muito gratificante. São quase 16 anos como servidor público, sendo 10 como servidor municipal, mais que oito como colaborador na Manauscult, dois como estagiário e agora diretor-presidente. Vejo como é importante o estágio na vida de um profissional, seja aquele que se inclina para a administração pública, que foi o meu caso, ou aquele que faz carreira na administração privada”, declarou.

    Processo seletivo

    Faltando pouco mais de um mês para o fim de sua terceira gestão, o prefeito Arthur Neto lançou, neste mês de novembro, o edital para o Programa Municipal de Estágio Remunerado da Prefeitura de Manaus, que oferece 2.672 vagas para estagiários de nível médio e superior, sendo 10% das vagas para Pessoas com Deficiência (PcDs).

    O processo seletivo prevê o preenchimento de 634 vagas para estudantes de nível médio e 2.038 vagas para nível superior, além de formação de cadastro de reserva. Os estagiários cumprirão carga horária de 20 horas semanais, com remuneração de R$ 300 e R$ 600, respectivamente, e também receberão R$ 132 de auxílio-transporte. Em conformidade com a Política Nacional para a Integração da Pessoa com Deficiência, 10% das vagas são reservadas a esses candidatos.

    *Com informações da assessoria

    Comentários