Fonte: OpenWeather

    Festa Junina


    População de rua tem programação junina no Ceci

    Pessoas de situações de rua participaram de uma festa junina com direito a dança, música e muita comida

    Festa junina para a população de rua
    Festa junina para a população de rua | Foto: Fábio Leite/Semasc

    Manaus - O clima junino tomou conta do espaço provisório instalado no Centro de Convivência do Idoso (Ceci), no bairro Aparecida, zona Sul, nesta segunda-feira (29). Aproximadamente 250 pessoas em situação de rua participaram da programação especial realizada em conjunto com a Prefeitura de Manaus, governo do Amazonas e Organizações da Sociedade Civil (Oscs). O amplo salão do espaço foi ornamentado e a trilha sonora, assim como as comidas, eram típicas dos festejos juninos, como bolos, mingaus e outras guloseimas.

     A atividade teve o objetivo de levar lazer e descontração para os usuários do serviço realizado no Ceci, como destacou a coordenadora do ponto de apoio às pessoas em situação de rua no Ceci, pela Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), Clícia Lima. Essas ações se somaram às já realizadas diariamente, como a distribuição de almoço e higienização. A programação seguiu a recomendação de segurança e proteção evitando aglomeração.

    “Diante deste momento em que estamos passando na pandemia, em que não podemos estar juntos, resolvemos realizar esse momento festivo para eles com a oferta de guloseimas e comemorando o Dia de São Pedro. Eles primeiro fazem a refeição e em seguida recebem o kit contendo todas essas guloseimas”, explicou.

    Há um mês fazendo uso do serviço no Ceci, Bárbara Rubrán, 59, falou sobre a ação realizada nesta segunda. “A gente se sente muito prestigiada e honrada por essa ação desenvolvida pela prefeitura e pelo Estado. Nós que somos de rua, somos muito marginalizados, mas nem todo mundo é bandido. Ficamos muito felizes e agradecidos”.

    Em situação de rua há dois anos, Cristiano Nascimento, 32, se mostrou satisfeito com a ação. “Todo mundo gostou, foi muito bom. Além do almoço, vamos ter mais uma refeição. Já ajuda bastante”, contou.

    Ver mais:

    Centros de convivência em Manaus têm arraiais virtuais

    Desigualdade social mostra a face em tempos de pandemia

    Morador de rua é atacado e leva duas facadas na Zona Sul de Manaus

    Comentários